Peixe Rã ou Peixe Sapo


O Peixe Rã pode ser terrível e assustador, mas no vídeo abaixo Waterwanted.ru capturou estas lindas espécimes - casal - de frogfish andando. O Peixe Rã geralmente não se move muito, preferindo deitar-se no fundo do mar, esperando a aproximação de sua vítima. Os Frogfishes podem ser encontrados em quase todos os oceanos e mares tropicais e subtropicais ao redor do mundo. São pequenos, encorpados e musculosos, e às vezes cobertos de espinhos, além de outros apêndices para ajudar na camuflagem.




O Peixe Rã (Antennarius Multiocellatus) é um peixe considerado relativamente pequeno, geralmente não excedem a 20 cm, e são peixes roliços. Um Peixe Rã pode crescer até 38 centímetros, mas isso é raro, a maioria das amostras de Peixe Rã não cresceram mais do que 30 centímetros. Possuem a pele bem grossa graças às escamas modificadas que recebem o nome de espículas dérmicas. Essas espículas assemelham-se a espinhos e dão ao peixe um aspecto bem rústico. Eles têm a cabeça grande, com uma grande boca e os olhos são de inserção alta. As barbatanas pélvicas do peixe-sapo estão à frente das nadadeiras peitorais, e geralmente estão localizados nas brânquias.






Eles têm a cabeça grande, com uma grande boca e os olhos são de inserção alta. As barbatanas pélvicas do Peixe Rã estão à frente das nadadeiras peitorais, e geralmente estão localizadas nas brânquias, O corpo é viscoso e tem uma aparência irregular que funciona como camuflagem. A coloração é amarelada e o corpo é decorado com uma barra marrom oblíqua.






Peixe Rã possui os olhos pequenos, boca grande direcionada para cima e suas aberturas branquiais são bem pequenas e localizadas atrás das barbatanas peitorais. As cores são bem variáveis, indo de um amarelo pálido até um vermelho ou verde escuro brilhante. Existem ainda manchas escuras espalhadas pelo corpo independente da cor.





Habitam o oceano Atlântico e são encontrados de Bermudas até Bahamas e nas Américas Central e do Sul. Vivem em superfícies de rifes de corais, comumente encontrados em áreas superficiais de esponjas as quais muitas vezes usam para se camuflar. Não são considerados peixes para criar em aquários devido à voracidade de seu apetite.





o início e chocam após aproximadamente um mês. Os filhotes não vão aprender a nadar até que tenham As características comuns entre as espécies de peixe-sapo são a cabeça larga e uma coloração parda. Sua semelhança com sapos é o que lhes deu seu nome. Eles também podem fazer um som característico com sua bexiga natatória.A maioria das espécies de peixe-sapo são, sem escalas.



Se você encontrar um peixe-sapo do gênero Thalassophryninae, você deve ter em mente que este peixe é venenoso. Tem quatro espinhas que são ocas e ligadas a glândulas de veneno. O veneno é potente o suficiente para causar uma ferida dolorosa. Outro grupo interessante são aqueles encontrados na gênero Porichthys. Estes peixes são equipados com órgãos emissores de luz brilhantes que formam manchas em seu corpo.Uma das espécies de peixe-sapo mais conhecido é o Oyster Toadfish, Opsanus Tau.
Em estado selvagem, o peixe vai sobreviver mesmo em condições adversas e pode permanecer vivo em uma dieta muito pobre.




Para atrair as fêmeas, o peixe-sapo macho vai usar sua "Buzina". Durante a época de acasalamento, o macho produz um som com este órgão especializado e este som torna possível as fêmeas encontrá-los. O período de reprodução de Peixe Rã começa em abril e termina em outubro. O Peixe Rã fêmea depositará seus ovos em um ninho e os deixa imediatamente. O macho, então, fertiliza os ovos e os protege contra danos. Os ovos são relativamente grandes, desde esgotado seu saco vitelino. O Peixe Rã macho continua a vigiar os seus filhos, mesmo depois de se tornarem maiores.





+ Imagens no Google

Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!


⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST


⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography®

⬛◼◾▪ CONTATO ▪
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vitrine